Por que o biotipo exigido na passarela é tão específico?

10:48 AM Jessica Lupiao 0 Comments



Modelos fashion precisam ser magras, altas e com medidas extremamente específicas para conseguirem jobs (trabalhos) nos desfiles das grandes grifes. Mas por que esse biotipo tão exigente é necessário? Vamos falar desse estereótipo de beleza e a ditadura da magreza! Tema inspirado em uma discussão com uma das modelos leitoras aqui do blog...



Hey modeletes de plantão,



Bom, na última sexta-feira publiquei um post aqui no blog falando sobre a altura, medidas e manequim necessários para seguir carreira como modelo fashion. E como sempre, compartilhei em alguns grupos de modelos no facebook, foi quando uma leitora entrou em contato e expressou sua opinião divergente. O debate foi acirrado, mas extremamente válido e saudável, que me deu a ideia de fazer esse novo post explicando os porquês das grandes passarelas exigirem um biotipo tão específico. 

Começando pelo princípio, aqui vai a minha conversa com a leitora e modelo Elaine Costa:

- clique na imagem para ampliar e ver o texto -


Como eu já disse no post Que altura e medidas você precisa para ser modelo fashion?, modelo fashion precisa sim ter altura mínima de 1,74, vestir manequim entre 34-38, e medidas específicas - entre elas a do quadril, que não pode ser maior que 90cm - tudo isso em ordem de conseguir trabalhos. O porquê disso tudo é extremamente simples: as grandes grifes que desfilam nas semanas de moda mundo afora, responsáveis pela alta costura, fazem suas peças em tamanhos e medidas padrões que, além de gastar menos matéria prima, facilitam a modelagem por ser mais simples e ter menos curvas. Ou seja, os estilistas buscam modelos que caibam dentro das peças feitas para passarela, e não ao contrário. Imagine só quanto trabalho e tempo eles gastariam fazendo roupas para modelos de tamanhos e medidas completamente diferentes... Não tem sentido, nenhuma indústria funciona dessa maneira.

Mas as meninas que sonham em ser modelo e que não têm esse biotipo específico, não podem realizar esse sonho? Claro que podem!!! Existe mercado para vários tipos de modelos... Por exemplo: as magrinhas, altas, com manequim certo, mas que tem mais de 90cm de quadril, podem desfilar para o varejo de moda, que costuma ser mais aberto quanto às medidas. Para as não tão altas, existem trabalhos para modelos de catálogo, comerciais, etc. Para as belas mais cheinhas, existe o segmento de modelo plus size. Para as “gatas garotas” mais saradas e cheias de curvas, existem trabalhos modelos voltados para o mercado fitness e de lingerie. E assim vai...


Tenho que concordar com a Elaine quando ela diz que esse padrão exigido pelas passarelas acabam por estimular um padrão de beleza distorcido, por idealizar a magreza como beleza absoluta. Todos biotipos têm sua beleza, toda mulher é linda independentemente de sua altura, medidas ou manequim. Já vi casos de meninas lindas que vivem de regime em ordem de serem modelos e meninas que acabam com distúrbios alimentares por conta disso. Assim como já conheci muitas e muitas meninas saudáveis, que são magras e altas assim por pura genética, gurias que comem de tudo (de pizza de queijo a sorvete de chocolate) e continuam magras, porque essa é a natureza delas.


É um tanto quanto cruel que meninas com menos altura ou mais quadril não possam realizar seu sonho de desfilar para as grandes marcas mundo afora? SIM... Da mesma maneira que é triste que meninas altas demais não consigam ser ginastas olímpicas como a Daiane dos Santos, porque baixa estatura é um pré-requisito físico básico para ginástica. Cada profissão tem seus pré-requisitos. Assim é a vida...

Espero que um dia esse padrão das passarelas mude e seja mais cordial com todos os tamanhos e formas? Simmm, claro. Mas sejamos realistas por um momento ao entender que a moda de varejo está cada vez mais acolhedora com alturas e tamanhos, fazendo roupas que atendam a todos os biotipos. Já a alta costura vive do glamour imposto por essa beleza fantasiosa e nada fácil de alcançar – a beleza da altura e magreza.
E ai meninas, o que vocês acham de tudo isso?
___________________________________________________________________
Fotografia: Google Images

0 comentários :