Revisão de curso: Modelos Kids NewFace de 4 à 7 anos

1:18 PM Unknown 0 Comments

Para os papais e mamães de modeletes que perderam alguma das aulas ou apenas querem rever um pouco do conteúdo passado, segue agora o post de review do curso de modelos kids NewFace ministrado por Jessica Lupiao.





Hey people,

E ai,  já estão com saudades da tia Jessie? Hahaha, antes tarde do que nunca né minha gente? Andei super ocupada com alguns jobs e algumas coisitas na vida pessoal que me levaram a postergar esse post, peço desculpas pelo delay!

Bom...
O curso contou com 3 turmas: Turma 1 - Infantil de 4 á 7 anos, Turma 2 - Infantil de 8 á 12 anos e Turma 3 -  Adulta a partir de 13 anos.  E para cada turma tivemos um total de 4 aulas, do dia  04/02 até 25/02.

Turma 1- Infantil


Aula 1: Introdução a carreira de modelo  infantil (Aula 100% voltada para os pais e responsáveis). Nós falamos sobre o mercado de moda e os como ele procura, seleciona e contrata modelos kids para trabalhos. Conversamos também sobre os tipos de trabalhos que podem aparecer para modelos nessa idade (trabalhos comerciais como campanhas publicitárias, catálogos, desfiles showroom para lojas infantis, etc), sobre como os modelos kids e seus responsáveis devem se comportar para passar nos testes, como devem se comportar durante e também após o trabalho realizado. Por fim falamos o que é moda/ estilo/ tendência, sobre a diferença entre moda conceitual e comercial, sobre o papel do modelo, sobre o Booker, castings e jobs.


#DicasDaTiaJessie:



Comportamento: Quando o assunto e modelo infantil, o cliente não quer aquela criança quieta de mais que tem vergonha de tudo e vai dar muito trabalho para se soltar na frente da câmera, mas também não quer aquela criança ligada no 220v que mexe em tudo que não deve, corre de um lado para o outro o tempo inteiro, se pendura na cortina do estúdio, não escuta nem obedece ninguém... É isso mesmo papais e mamães, para se dar bem como modelo e passar nos testes sue filho(a) não pode ser a criança sem graça e nem a criança sem educação, para cativar o cliente e pegar o cliente o modelo infantil precisa ser carismático, comunicativo, calmo, pró-ativo, divertido, educado e obediente (se seu filho ainda não é assim, comece a trabalhar essas qualidades com ele urgente!).
O comportamento dos pais, mães e responsáveis também conta muito durante testes e trabalhos, se eu ganhasse 1 real para cada modelo que perde trabalho por culpa de pai e mãe.... Primeiro de tudo, a equipe da agência e do cliente conta com muitos profissionais, mas não conta com babá, durante testes e trabalhos você é responsável pelo seu filho, então saia do celular e tome conta do seu modelete! Segundo, pai e mãe não é modelo, então quando o cliente perguntar algo ou pedir para o modelo fazer algo, deixe a criança responder e fazer por ela mesmo!

Barraco: Não faça barraco, NUNCA FAÇA BARRACO! Pra começo de conversa, fazer "barraco" é feio e é anti-profissional, o barraco não vai resolver seu problema e vai colocar a carreira do seu filho na "geladeira".
Pagar por um book e pelo serviço de agenciamento não dá o direito de "rodar a baiana" com o pessoal da agência. Você como responsável do modelo não é o cliente dá agência, e sim parceiro! o verdadeiro cliente da agência de modelos são os produtores de moda, agências de publicidade, gente que contrata modelos para trabalhos. Quando o modelo e seu responsável produzem mais "dor de cabeça"do que cachês, os bookers param de indicar o mesmo para testes e trabalhos.

Modelo = cabide de luxo: Não interessa se o cliente que contratou seu modelete tem a coleção de roupas mais brega que você já viu ou se você achou o cenário do trabalho super feio, ou ainda se o texto que eles separaram para seu modelete falar está muito pequeno/ longo de mais, a opinião de vocês não interessa, afinal o modelo está sendo pago por aquele trabalho, modelo é um cabide de luxo e CABIDE NÃO TEM OPINÃO. Então papais e mamães de modelos,  guardem a opinião dentro da bolsa e façam o trabalho bem feito!

Roupa para testes e trabalhos: Na hora de escolher o look do modelo infantil para castings e jobs, faça o check list abaixo!
- Não use estampas que contenham muita informação ou muito brilho, personagens de filmes ou desenhos animados, logos ou nomes de marcas de roupa. Procure sim roupas coloridas em tons leves e harmoniosos (criança nessa idade pode e deve usar cor);
- Não use roupas apertadas de mais ou largas de mais. Procure sempre usar roupas do tamanho certo e que tenham bom caimento.
- Não use roupas sujas, rasgadas ou com aparência de velhas. Não comprar roupas novas para cada teste, mas procure levar a criança sempre bem arrumada aos testes e trabalhos.
- Não use chinelos ou saltos (no caso das meninas). É melhor optar sandalhas e sapatos fechados, sempre limpos e em bom estado de conservação.
- Evite usar saias e vestidos nas meninas, shots e saia-shorts estão liberados;
- Não use maquiagem e esmaltes de cor forte. Criança não usa maquiagem nem esmalte vermelho ou rosa neon!
- Mantenha unhas sempre curtas e limpas, tanto nos pés como nas mãos;
- Cuide da higiene: modelo tem que estar sempre limpo, cheiroso, bem penteado dentes escovados e bom hálito;


Aula 2: Técnicas  de desfile e passarela para modelos kids (Aulas onde "desenhei"a passarela no chão com fita adesiva e começamos a "colocar a mão na massa").
Conversamos sobre backstage, tipos de desfile, postura de passarela,  catwalk para meninas, catwalk para meninos, como lidar com tombos e escorregões na passarela e finalmente os exercícios.

#DicasDaTiaJessie:



Comportamento em backstage: A primeira dica desta aula toca no ponto do comportamento dos modelos kids e seus responsáveis novamente, em alguns trabalhos o cliente pode até contratar pessoal extra para ajudar a tomar conta dos modeletes, mas normalmente essa responsabilidade fica por conta do responsável por cada modelo. Crianças quando se juntam tendem a correr, brincar, gritar e falar alto, isso não pode acontecer em um backstage - mantenha seu pequeno modelete sob controle!



Tipos de desfile e passarela: No curso eu preparei uma passarela improvisada  em formato de "I" (linha reta), que continha uma saída do backstage, uma primeira parada (que só é usada pelo primeiro modelo), passarela de no mínimo 30 passos largos e uma parada obrigatória para o fotógrafo - O modelo que aprende a desfilar bem em uma passarela com configuração simples assim, desfila em qualquer tipo de passarela. Mas vale lembrar que cada cliente pode formatar sua passarela como bem quiser, desde o formato (em linha reta "I", em "U, em "X", etc), número de paradas, assim como a largura, material e ambientação da passarela. Cabe ao modelo arrasar em qualquer uma dessas configurações!

Catwalk: Espera-se que o modelo infantil aguarde atrás da linha do backstage até que chegue a sua vez de desfilar, quando sair do backstage para passarela caminhe em passadas largas e calmas, postura reta com ombros pra trás, pescoço alongado e olhar focado no ponto fixo do fotografo, segurando no rosto um leve sorriso natural.
Catwalk para meninas - Sorriso leve e sincero no rosto, durante a caminhada pouco movimento nos braços soltos para baixo e passos longos com um pé na frente do outro. Nas paradas, uma ou duas mãos na cintura e segurar a pose por 3 segundos para o fotógrafo. Na volta virar o corpo todo deixando a cabeça e o olhar por último.
Catwalk para meninos -  Sorriso leve e sincero no rosto, durante a caminhada pouco movimento nos braços soltos para baixo e passos longos com as pernas levemente separadas. Nas paradas,  mãos no bolso ou braços cruzados e segurar a pose por 3 segundos para o fotógrafo. Na volta fazer recuo de 2 passos para trás antes de virar completamente o corpo e voltar para o backstage.

Tombos e escorregões na passarela: Ensinar o modelo que acidentes acontecem e treina-lo para que caso ele escorregue e/ou caia na passarela, consiga se levantar e continuar desfilando como se nada tivesse acontecido - NÃO IMPORTA O QUE ACONTEÇA, CONTINUE DESFILANDO, e deixe para chorar de vergonha e correr para os braços da mamãe depois que chegar no backstage!


Aula 3: Básico de interpretação teatral e desinibição (Aula onde praticamos a memorização e declamação dos textos).
Começamos essa aula conversando sobre memorização e interpretação de textos para não alfabetizados, como fazer os modeletes perderem o medo e a vergonha de falar em publico e paras câmeras, sobre a expressão corporal e fizemos os exercícios.

#DicasDaTiaJessie:

Ajuda dos pais para decorar texto: É claro que para em tudo nessa carreira, os pequenos modeletes vão precisar muito da ajuda dos pais, principalmente se seu filho ainda não é alfabetizado ou se aprendeu a ler e escrever faz pouco tempo. Ajudar os pequenos a decorar texto requer paciência e muita perseverança - existem diferentes métodos para ajudar com esta tarefa, meu concelho é que você pesquise e experimente cada um deles junto com seu filho(a), o meu favorito quando trabalhando com crianças é o da repetição continua (que começa com pequenos trechos do texto e vai adicionando trechos gradativamente conforme a evolução da memorização do mesmo) e claro, estar sempre praticando algum texto mesmo sem nenhum teste ou job em vista - PRÁTICA LEVA A PERFEIÇÃO!

Tudo sempre muito lúdico e divertido: Outra dica de ouro quando trabalhamos com crianças é apostar em maneiras lúdicas e criativas para cumprir a tarefa em questão, decore o texto de forma divertida e descontraída. Quando notar que a criança está se frustrando com o texto complicado para decorar, faça uma pausa para descansar, não deixe que a tarefa em questão se torne uma obrigação chata para que a criança e não deixe que a criança pegue "pirraça"da atividade.

Texto muito difícil para meu filho (a): Depois desta aula recebi um e-mail de uma mãe me dizendo que o texto que passei estava muito difícil para o filho dela decorar, se eu não podia  passar um texto mais fácil de tarefa. Minha respostas foi NÃO, afinal se ela estivesse em um teste com o filho modelo e pedisse ao cliente que trocasse o texto para um mais fácil, o cliente trocaria o filho dela por outro modelo mais bem capacitado e que decore to texto sem problemas! FICA DICA MEU POVO....


Aula 4: Básico de saúde e estética para modelos kids + Ferramentas extras para ter sucesso na carreira (teve também a entrega dos certificados!!!) .
Na nossa última aula falamos sobre alimentação saudável para modelos kids, cuidados com a estética infantil, habilidades extras para carreira de modelo infantil e claro, fizemos uma mini-revisão oral sobre todo assunto abordado no curso com responsáveis e modelos.


#DicasDaTiaJessie:


Saúde e alimentação: claramente eu não formada medicina e também não sou nutricionista, sou produtora de moda e posso afirmar para você que quando estou em um teste procurando por modelos kids para algum job, busco por crianças de aparência saudável... Manter o modelo saudável é primordial, independente se o biotipo dele é mais magrinho ou mais cheinho!

Mudanças na aparência: Já no quesito estética e beleza, vale lembrar que mudar drasticamente o corte de cabelo do modelo depois do book feito não é uma boa ideia - Imagine só que preciso de meninas com cabelos longos e cacheado para determinado trabalho, o booker da agência me manda composites de crianças lindas dentro despe perfil e eu seleciono algumas para o teste,  quando chego para ver os modelos pessoalmente algumas estão de cabelos bem curtinhos. Vocês conseguem ver a problemática? Eu pedi cabelos longos e o booker achou que enviou meninas de cabelos longos (pois é assim que as meninas estão nas fotos do book e nos registros da agência),  mas as mães resolveram mudar o visual da criança. Resultado, essas que estavam diferentes dos seu books já perderam o trabalho sem nem fazer o teste.

Conhecimento e Habilidade: Já dizia minha vó, conhecimento é tudo nesta vida! Modelo lindo mas tão inteligente quanto uma porta é coisa do passado... Para se dar bem na carreira e alcançar altos patamares seu filho precisa se destacar, habilidades provenientes de um curso de teatro, de dança, de inglês,  de espanhol, de postura e boas maneiras vão fazer toda a diferença ao longo do tempo. Sem contar que para fazer comerciais e ser uma pessoa pública, seu filho (a) precisa saber falar o português  e se expressar corretamente. E se por um acaso amanhã ou depois vocês decidirem que a carreira de modelo não é para vocês, todas essas habilidades não vão ser jogadas fora, podem ser usadas na vida e em qualquer carreira que seu pimpolho ou pimpolha decidirem seguir!!!

Ufa, é isso... Resumão ficou longo mas deu pra pegar os pontos principais, né?
Ficou alguma dúvida? É só falar nos comentários deste post ou me manda por e-mail no: lupiao.jess@gmail.com

Beijos e sucesso!

_________________________________________________________________________
Fotografias: Apple Models | NY Headshot | Ford Models | Ego








0 comentários :